Entrada capital

Primeira semana do ano e sinto que o mundo, com os seus factos e artimanhas, já acelerou para uma velocidade absurda. São tantas as ideias, os casos, as imagens – e o frio, o vento. Estou em casa, temos uma nova fotografia na sala e alguns aquecimentos; uma série que já nos pegou (gosto muito dos actores do Gambito, da forma como representam com o olhar) e algumas canções boas para ouvir em shuffle, num passeio de recolha. Tipo esta: